"Pedras no caminho? Guardo-as todas, um dia vou construir um castelo... " Fernando Pessoa

15
Dez 07

Depois de tudo o que passei, de tudo o que vivi até ao dia de hoje, tenho a certeza de uma coisa. A amizade é, realmente algo precioso. Os nossos verdadeiros amigos são os que realmente nos podem levantar, quando estamos sem forças. Podem nos lavar o rosto, quando este já foi tão martirizado pelas lágrimas. Podem nos confortar, e devolver-nos a esperança, mesmo que seja somente por segundos. Podem nos dar a mão e puxar-nos para a vida, momentos antes de nos afastarmos para sempre dessa mesma vida.
Contudo, não é fácil encontrar amigos. É dificil encontrar em quem confiar. Mesmo aqueles amigos com os quais crescemos, por vezes se revelam não mercedores de confiança pela nossa parte. E doi, saber que aquele a quem chamavamos "amigo" não passa de uma ilusão... Ou melhor de uma desilusão. E sempre que pensamos em quanto confiavamos nessa pessoa, quanta esperança depositavamos nela, o quanto de nós demos a essa pessoa quando ela precisava, e, no fim, pensamos o quanto ela nos desiludiu.
No mundo de hoje, a amizade  e o amor jã não são uma prioridade. Já não se dá valor à infância e aquelas pessoas que estão ao nosso lado, sempre que precisamos. Nós não nos apercebemos que esses amigos, os verdadeiros amigos, estão lá.
O que me desilude mais hoje é saber que encontrei pessoas espetaculares, mas que não querem a minha amizade. E eu sinto-me inutil, porque gosto tanto deles, mas não posso fazer nada, porque eles não confiam em mim, nem querem me conhecer o suficiente para poderem perceber se sou de confiança ou não. Não os censuro. Nos dias de hoje existem mais pessoas que nos querem magoar, do que nos querem curar. E eu não percebo isso. é tão bom ser amigo de alguém. Sabe tão bem saber que ajudamos, de alguma forma, alguém a sorrir, a sentir-se melhor. Sabem bem ser amiga.
Fico triste por saber que essas pessoas de quem tanto gostam não querem a minha amizade. Mas eu espero, no fundo do coração que haja alguém na vida deles que, com a sua amizade, aceite por eles, consiga consola-los quando mais precisam, consigam faze-los sorrir.
Contudo, tenho amigos espetaculares. E sei, e admito-o, que muitas vezes as minhas dores, as minhas batalhas internas cegam-me, e eu não os vejo à minha beira. Mas eu sei que eles estão lá. Sou uma sortuda, quanto a isso, eu sei.

Quero, em especial, dizer à minha maninha Xana: adoro-te muito, minha tola! =D Gostei muito de te conhecer. Acredita que foi uma das melhores coisas que me aconteceu desde que entrei para a faculdade. És uma amiga maravilhosa e uma pessoa completamente linda! Tu, no alto dos teus 18 aninhos (feitos há bem pouco tempo) já és um exemplo para muita gente bem mais velha que tu. És divertida, tens, com a maior das certezas, os valores certos e és o que se pode chamar uma verdadeira amiga. Adoro-te! E posso não te dizer todos os dias (mas eu sei que digo! =P), mas tu sabes que sim. Muito obrigada por seres minha amiga, e, agora falando por todos os nossos amigos, obrigado por alegrares os nossos dias!

Um beijo muito especial para todos os meus amigos! Tenho muito orgulho em vos chamar como tal!
publicado por Quem ontem fui já hoje em mim não vive às 19:18
sinto-me: Feliz!
música: Won't go home without you - Maroon 5
tags:

13
Dez 07
Ás vezes sinto-me só.... Sinto-me invisvel. E doi. Doi tanto quando estou rodeada de pessoas, e sinto-me tão só. Ás vezes sinto que não tenho nada. Que estou vazia. Sinto que se desaparecesse agora, niguém daria conta.
Ás vezes sinto que não há esperança para mim. Ás vezes só quero acabar com isto. Ás vezes choro, só, sabendo que ninguém pensa em mim, ninguém se preocupa.

Ás vezes não existo...


publicado por Quem ontem fui já hoje em mim não vive às 00:56
tags:

10
Dez 07
É engraçado como as coisas são. Como uma simples palavra, um simples gesto, pode nos cegar de tal maneira que nos perdemos nas consequências dessa palavra, desse gesto, e ficamos sem saber quem somos. Somos estranhos a nós próprios.
Quando somos absorvidos pela escuridão, não vemos nada à nossa volta. Só sentimos, a dor imensa, a desperança, o desespero. Eu sei disso porque já me senti assim. E por vezes ainda me sinto assim.
Quando a nossa dor é maior que a nossa visão, não existem coisas boas,somente coisas más. Isso não nos permite ver que em tudo existe um lado bom.

Recentemente conheci uma pessoa maravilhosa. Encontrei uma verdadeira amiga (coisa rara)! Ela é divertida, tem bom coração...é o que se pode chamar um ser humano belo! Uma pessoa única. Quando a conheci, verdadeiramente, percebi o porquê simpatizei imediatamente com ela. Partilhamos a mesma dor. Ela, tal como eu um dia senti, não se consegue ver, além da dor. Ela, tal como eu, já desejou desaparecer, já perdeu a esperança.
Só quero que saibas de uma coisa: és linda! E, se olhares mais atentamente para ti mesma, sem amarras, sem os "olhos" da dor, verás isso claramente, e terás orgulho em ti! Olha também em teu redor. Mas olha bem. Vês quantas pessoas te amam? Vês quanta "podridão" há? Então como podes dizer que és horrivel? És linda,tal como és. Com os teus defeitos e as tuas qualidades! Quem dera que todos fossem "horriveis" como tu...este mundo seria assim bem,mas bem melhor! =D

Gosto muito, mas mesmo muito de ti! E, aconteça o que acontecer, penses o que pensares, nunca desistirei de ti! És alguém especial de mais para tu própria desistires de ti, quanto mais eu! Lembra-te disso,sim?
publicado por Quem ontem fui já hoje em mim não vive às 21:56

03
Dez 07


Almost Lover
- A Fine Frenzy

Your fingertips across my skin
The palm trees swaying in the wind
Images
You sang me Spanish lullabies
The sweetest sadness in your eyes
Clever trick

Well, I never want to see you unhappy
I thought you'd want the same for me

[Chorus]
Goodbye, my almost lover
Goodbye, my hopeless dream
I'm trying not to think about you
Can't you just let me be?
So long, my luckless romance
My back is turned on you
Should've known you'd bring me heartache
Almost lovers always do

We walked along a crowded street
You took my hand and danced with me
Images
And when you left, you kissed my lips
You told me you would never, ever forget
These images

Well, I'd never want to see you unhappy
I thought you'd want the same for me

[Chorus]
Goodbye, my almost lover
Goodbye, my hopeless dream
I'm trying not to think about you
Can't you just let me be?
So long, my luckless romance
My back is turned on you
Should've known you'd bring me heartache
Almost lovers always do

I cannot go to the ocean
I cannot drive the streets at night
I cannot wake up in the morning
Without you on my mind
So you're gone and I'm haunted
And I bet you are just fine

Did I make it that
Easy to walk right in and out
Of my life?

[Chorus]
Goodbye, my almost lover
Goodbye, my hopeless dream
I'm trying not to think about you
Can't you just let me be?
So long, my luckless romance
My back is turned on you
Should've known you'd bring me heartache
Almost lovers always do

publicado por Quem ontem fui já hoje em mim não vive às 19:51
música: Almost Lover - A Fine Frenzy

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

5 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twitter
As minhas Imagens favoritas
blogs SAPO