"Pedras no caminho? Guardo-as todas, um dia vou construir um castelo... " Fernando Pessoa

16
Fev 20

Enquanto caminhava sem destino, perguntava-me como eu cheguei aqui... Ainda me lembro daquela pessoa, de há 15 anos atrás. Chamo-a pessoa e não “eu”, porque neste momento nem tampouco sei o que esse “eu” quer dizer. Ando à deriva à demasiado tempo, que me vejo como um oceano de marés inconstantes e desconectas.

Essa pessoa, sabia falar e sabia escrever. Ela desbravava bem o caminho por entre palavras, filosofias, certezas. Ela dava pequenos passos, mas cada passo pisava firme em territórios de esperança. Era bom ser assim, livre e ingénua.

Tudo o que foi acontecendo, na minha cabeça são como pequenas correntes, que saíam dos trilhos por onde os meus pés descalços pisavam. Assim, o choro compulsivo, a dor dilacerante, deixaram as amarras se pregarem à pele, como se fossem uma continuação de mim mesma. Fui ficando para trás, de costas voltadas para aquela pessoa, para aquelas palavras, para todas as certezas. Acostumei-me à desconfiança, e abracei a solidão.

 

Só eu sei. Quem vê de fora, só vê alguém inconveniente, que não é articulada, que é gorda e desleixada. Alguém apática, que não sabe se organizar.

 

Mas cheguei à conclusão que essa imagem, que o que os outros vêem pouco me importa. Os meus olhos, aqui dentro, aqui escondida, escolhem o silêncio. Existe em mim esse silêncio, o silêncio que se houve à beira mar. Existem as ondas, existem os pequenos ruídos. Quem se senta na praia e olha no horizonte não sabe o que se esconde abaixo da superfície.

 

Ninguém sabe... Todos julgam. Tenho saudades de ter prazer em escrever, em conversar. Tenho saudades de me sentir livre. Há uma tristeza e uma melancolia, que se apegaram a mim, tal como as amarras. Somente eu as sinto.

 

Quem me pode julgar, então? Alguém consegue ver através da superficie? 

 

 

publicado por Quem ontem fui já hoje em mim não vive às 22:16

Fevereiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

5 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twitter
As minhas Imagens favoritas
blogs SAPO